A conheça a atriz de Hollywood que foi a “mãe” do Bluetooth, GPS e Wi-Fi

A conheça a atriz de Hollywood que foi a “mãe” do Bluetooth, GPS e Wi-Fi

A conheça a atriz de Hollywood que foi a “mãe” do Bluetooth, GPS e Wi-Fi

A atriz de Hollywood patenteou a ideia e a ofereceu à Marinha dos EUA, mas era cara demais para a época.

A conheça a atriz de Hollywood que foi a



A polemica atriz de Hollywood que é a “mãe” do Bluetooth, GPS e Wi-Fi

Nascida em 9 de novembro de 1914, ela conseguiu o seu primeiro papel aos 17 anos num filme alemão. Em 1933, estrelou “Êxtase” (foto abaixo), filme tcheco dirigido por Gustav Machatý. As cenas de nudez protagonizadas por Hedy Lamarr nadando sem roupas no lago foram censuradas em vários países por anos.

A atriz e inventora austríaca Hedy Lamarr já foi considerada a mulher mais bela do mundo. Mas não foi apenas pela sua beleza e pelo seu desempenho como atriz que ela ficou conhecida na sua época. A sua vida poderia até dar um belíssimo roteiro de filme
A conheça a atriz de Hollywood que foi a

A conheça a atriz de Hollywood que foi a “mãe” do Bluetooth, GPS e Wi-Fi

Além dessas cenas, outra sequência escandalizou o mundo. Nela, a atriz simula um ato sexual, naquele que seria o primeiro orgasmo feminino do cinema, razão para atrair os olhares dos produtores de Hollywood.
Ficou conhecida como a Ecstasy Girl. Hedy Lamarr era Hedwig Eva Maria Kiesler e foi em Hollywood que mudou oficialmente de nome e assinou um contrato com MGM. Estreou no cinema norte-americano em 1938 com o filme “Argel”
                                                         _
Mas, não foi só beleza e ousadia que ela mostrou ao público. Boa matemática e famosa por ter sido casada com um industrial do setor de armamentos, tinha conhecimentos sobre o poder de fogo usado na Segunda Guerra.
Aliando esses dois talentos, uniu forças com George Antheil, um compositor e pianista de vanguarda. Juntos, desenvolveram uma ideia de usar sinais de rádio emitidos por torpedos submarinos impossíveis de serem rastreados.

A atriz registrou o projeto em 1940 com seu verdadeiro nome.

A patente para o chamado “frequency hopping” ajudou a criar bases para tecnologias muito conhecidas de todos nós como Bluetooth, GPS e Wi-Fi (todas conexões de rede sem fio e móveis).
A gênese do rádio de espectro espalhado, como a conhecemos hoje, tem suas bases na descoberta da atriz de Hollywood dos anos 30 e 40. Lamarr, junto com seu marido, George Antheil, registraram a primeira patente. “A Secret Communications System”, que empregava uma única tecnologia de salto de frequência de rádio.

Hoje, a tecnologia que ela inventou “frequency hopping” é a base do sistema de defesa da comunicação de satélites militares, que chegam a custar até 25 bilhões de dólares.

Veja a homenagem do Google ao ela:

A atriz de Hollywood patenteou a ideia e a ofereceu à Marinha dos EUA, mas era cara demais para a época. Eventualmente, perdeu exclusividade militar e se tornou a base de várias tecnologias atuais. Ela é aplicada, por exemplo, em satélites de orientação para meios de transporte civis – o famoso GPS (Global Posicion System). Também está no wi-fi e no bluetooth.

 

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest