Guia com mais de 500 comandos do Linux explicados

Guia com mais de 500 comandos do Linux explicados

Guia com mais de 500 comandos do Linux explicados

É um super guia de comandos Linux, são mais de 500 comandos do terminal Linux explicados

É um super guia de comandos Linux, são mais de 500 comandos do terminal Linux explicados e que demonstra como usar, a função e em que casos, de maneira bem detalhada, dando exemplos e o melhor, totalmente em português, com linguagem simples e objetiva.

Quer ter domínio do terminal e não usar somente interface gráfica, aumentando seu conhecimento em Linux? Pois bem existem muitos momentos em que precisamos conhecer os comandos Linux, muitas empresas o usam para programar para outros sistemas operacionais, cursos de programação acabam por sempre utilizar o Linux, por mais que tentem evitá-lo e assim precisamos deste domínio, obviamente os comandos são muitos, mesmo com a prática do dia a dia é improvável que você decore todos, por isso o Computeiro da Depressão traz essa lista de referencia  com os comandos essenciais para o terminal Linux.



Este Super pacote de comandos Linux é útil para quem é iniciante e quer aprender; para quem é intermediário e procura se aprofundar; e para quem é avançado e deseja relembrar alguma coisa.

Aperte CTRL + D, adicione esta pagina ao favorito do seu browser! O guia de comandos do Computeiro é a maior lista de comandos linux comentados em lingua portuguesa da internet.  Agora vamos conhecer profundamente sobre o terminal do linux. 

Guia de referência – Lista de Comandos para Linux


Atalhos globais

Ctrl+C cancela o comando atual em funcionamento
Ctrl+Z para o comando atual, retorna com fg em primeiro plano Linux ou bg em segundo plano
Ctrl+D faz logout da sessão atual; similar ao comando exit
Ctrl+W apaga uma palavra na linha atual
Ctrl+U apaga a linha inteira
Ctrl+R tecle para mostrar um comando recente
!! repete o último comando
exit faz logout da sessão atual


Dicas Úteis para aprendizado:

  1. Digite qualquer comando seguido de “–help” (Dois traços e a palavra help) para ver a uma descrição detalhada do comando
    (EX: “wget –help”):
  2. Outra forma de conseguir documentação oficial dos comandos Linux é o comando man (manual), Digite man seguido do nome do comando que você precisa de informação.
    (Ex: man wget)
  3. Se por algum motivo você preferir guardar as informações do man (Manual) de algum comando em um pendrive ou smartphone em PDF para estudos complementares utilize este comando
    (EX: man -t wget | ps2pdf – wget.pdf)

Lista de comandos

ls lista diretórios
ls -al lista mostrando também arquivos ocultos
cd dir muda do diretório atual para o especificado (substituir a variável dir pelo nome da pasta)
cd muda para o diretório /home (arquivos pessoais)Comandos
pwd mostra o caminho do diretório atual
mkdir dir* criar um diretório especificado (substituir a variável dir pelo nome da pasta)
rm arq apaga o arquivo especificado (substituir a variável arq pelo nome do arquivo que se quer excluir)
rm -r dir apaga o diretório especificado (substituir a variável dir pelo nome da pasta)

rm -f arq apaga o arquivo especificado forçadamente (-f de force) (substituir a variável arq pelo nome do arquivo que se quer excluir)
rm -rf dir apaga o diretório especificado forçadamente (substituir a variável dir pelo nome da pasta). Utilize esse comando com extrema atenção!
cp -r arq1 arq2 copia o “arquivo1” para o “arquivo2” (substituir a variável arq* pelo nome do arquivo)
cp -r dir1 dir2 copia o diretório1 para o diretório2; cria o diretório2 caso não exista (substituir a variável dir pelo nome do diretório)
mv arq1 arq2 dupla função: pode ser usado para renomear ou mover arquivo1 para arquivo2. Se arquivo2 for um diretório existente, move arquivo1 para dentro do diretório “arquivo2” (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)Aperte CTRL + D, adicione esta pagina ao favorito do seu browser! O guia de comandos do Computeiro é a maior lista de comandos Linux comentados em língua portuguesa da internet.  Agora vamos conhecer profundamente sobre o terminal do Linux.
ln -s arq link cria um link simbólico link (atalho) para arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo e link pelo nome que terá o atalho)
touch arq cria ou atualiza o arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)
cat > arq direciona a entrada padrão para um arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)
more arq mostra o conteúdo de um arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)

head arq mostra as primeiras 10 linhas de um arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)
tail arq mostra as últimas 10 linhas de um arquivo (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)
tail -f arq mostra o conteúdo de um arquivo enquanto ele é atualizado (aumenta de tamanho), iniciando com as últimas 10 linhas (substituir a variável arq pelo nome do arquivo)
ps mostra os processos de usuário ativos em tempo real
top mostra todos os processos rodando em tempo real
kill pid mata um processo específico pelo número ID (substituir pid pelo número do processo)
killall proc mata todos os processos com o nome especificado (proc, de processos (substituir proc pelo nome do processo)
bg lista trabalhos parados ou em segundo plano ou pode continuá-los também
fg traz o trabalho mais recente para o primeiro plano

Artigos Relacionados

Desconfiado, homem usa drone para flagrar traição da esposa

Desconfiado, homem usa drone para flagrar traição da esposa

Desconfiado, homem usa drone para flagrar traição da esposa O Drone foi usado para obter imagens aereas e pegar a esposa infiel no flagra! 😛 Um Norte-Americano usou um drone para flagrar suposta traição de sua esposa e colocar fim no seu casamento. Segundo o marido, ele ficou desconfiado depois que a mulher passou a receber ligações […]

HUMOR ÁCIDO: QUAIS OS TIPOS DE COMPUTEIROS?

HUMOR ÁCIDO: QUAIS OS TIPOS DE COMPUTEIROS?

O QUE É UM COMPUTEIRO? QUAIS OS TIPOS DE COMPUTEIROS? Define-se como computeiro o estudante universitário ou qualquer outro tipo de desocupado que tem como área mais importante de atuação a computação. Ainda pode-se atribuir a alcunha “com o puteiro” a pessoas que fazem programas, pessoas que tenham digitado algum comando avançado no cmd.exe do […]

NewsLetter

Receba nossas novidades por email!